segunda-feira, 13 de abril de 2015

A VIDA ENSINA....

E a vida segue, um pouco pra lá um pouco pra cá, e a gente no meio de tudo. Sempre tentando fazer o nosso melhor, PARA QUE TUDO PERMANEÇA EM HARMONIA..SÓ QUE NÃO....
E aiii...aquela pessoa que tu está te desdobrando para ajudar, para não magoar, porque está passando uma fase difícil, devido a uma atitude precipitada, que a consciência dele diz a cada minuto do dia que foi um erro tal atitude, tu acha que não precisa reforçar essa Merda com o tal TE AVISEI, diante disso tu procura com que as coisas, sejam mais naturais possíveis diante de toda dificuldade que vem em avalanche. E lá vamos esticar os tostões, matar no peito o dia a dia, e conciliar os teus problemas diários...Mas o extremo egoismo, egocentrismo é maior que tudo , e aquele náufrago de atitudes, se intitula soberano, e dentro da tua casa , recebendo tua ajuda, teu carinho, ser o juiz e o carrasco de todos, que solidariamente compartilham essa fase que acabou sendo de todos.
E o dedo sempre apontando erros, atitudes, julgando o certo o errado, se colocando acima do bem do mal, e de toda pataquada que ele mesmo criou...Aliás, em matéria de Pataquadas, sim senhor tu és soberano...Tua lingua sempre FELINA E VENENOSA, magoa e fere profundamente as pessoas que te querem bem...Tu só perde ainda mais com isso...
E a vida segue....... segue a minha a tua a nossa e a vossa...E tu estás sempre recomeçando dos escombros que tu mesmo cria...É um eterno recomeço, em cima de mágoas, de ofensas, sempre com rompante destruidor, .... E o dedo apontando os erros e as fraquezas dos outros, jamais ousou apontar na tua direção, e quem sabe,entender e ver que as pessoas que tu mais fere e magoa são as que te oferecem carinho, atenção e cuidado...
Pegue esse dedo que tu costuma apontar para as pessoas, e coloque na tua consciência.
Se tua colheita não está boa, reveja tuas sementes...
Te limita em fazer o teu melhor, e deixa de julgar as pessoas, tu tens muito que melhorar em atitudes ,.... tu estás muito longe de ser JUIZ DA VIDA DE ALGUÉM.



quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

BALANÇO 2013

Este ano foi difícil, muito difícil, mas sobrevivi até agora, financeiramente muito ruim, tudo foi com muita dificuldade, mas estamos aqui de pé (aliás com muitas dores nos pés).
No meio dessa turbulência de dificuldades, descobri amigos no meio de amigos...Vou ser obrigada a relatar aqui a que estou me referindo.
Estava eu num dia daqueles que tu te arrepende de levantar da cama, quando uma amiga me chama no face..." e ai Fênix tudo bem? Eu disse: a coisa não ta boa... O que houve? pergunta ela..tu ta sumida ....nem me fala eu disse, a situação não está fácil, para te resumir se tu chegar aqui em casa não tenho nem café e nem pão pra te oferecer, já passei por isso muitas vezes, sei que daqui a pouco já está tudo bem, mas não pensava de passar por isso de novo...
Ela me disse, "capaz guria" vou dar uma saída depois te chamo e a gente conversa...eu disse ok...
Foi uma semana que chovia muito, mas muito mesmo, algumas horas depois escuto uma Buzina na frente da minha casa, vou ver quem é. Qual não foi minha surpresa, um sorriso lindo me aguardava lá na frente da minha casa, debaixo de chuva dizendo: VIEMOS TOMAR CAFÉ CONTIGO....
Simplesmente 3 "anjos amigos" abriram o porta malas do carro e me trouxeram um rancho, desde leite , carne, bolachas e muito carinho...Até hoje não consigo lembrar disso sem chorar...São pessoas que entraram na minha vida a pouco tempo, mas que eu considerava amigos....Hoje sei que não estou sozinha nunca...E se tiver que passar por outro ano tão difícil como este , para que no meio do turbilhão eu redescubra pessoas assim,... vou me sentir muito especial...
Resumindo o ano foi difícil, mas valeu a pena cada segundo....
Segundo o espiritismo, temos várias chances de reencarnar, se Deus me perguntasse o que eu gostaria de levar dessa vida para uma nova chance, diria sem pestanejar MEUS AMIGOS, porque não sei o que essa nova vida vai me oferecer, mas seja o que for, se eu estiver com meus amigos, eu passo tudo na boa, cantando e rindo...
Não posso deixar de mencionar Dona Izabella que está cada dia mais linda e danadinha...
Lendo por ai me deparei com um texto que quero deixar aqui para reflexão,:

TUDO MUITO SIMPLES....

Não deixe suas panelas brilharem mais do que você!!!! Não leve a faxina ou o trabalho tão a sério! Pense que a camada de pó vai proteger a madeira que está por baixo dela! Uma casa só vai virar um lar quando você for capaz de escrever “Eu te amo” sobre os móveis! Antigamente eu gastava no mínimo 8 horas por semana para manter tudo bem limpo, caso “alguém aparecesse para visitar” – mas depois descobri que ninguém passa “por acaso” para visitar – todos estão muito ocupados passeando, se divertindo e aproveitando a vida! E agora, se alguém aparecer de repente? Não tenho que explicar a situação da minha casa a ninguém...as pessoas não estão interessadas em saber o que eu fiquei fazendo o dia todo enquanto elas passeavam, se divertiam e aproveitavam a vida… Caso você ainda não tenha percebido: A VIDA É CURTA… APROVEITE-A!!! Tire o pó… se precisar… Mas não seria melhor pintar um quadro ou escrever uma carta, dar um passeio ou visitar um amigo, assar um bolo e lamber a colher suja de massa, plantar e regar umas sementinhas? Pese muito bem a diferença entre QUERER e PRECISAR ! Tire o pó… se precisar… Mas você não terá muito tempo livre… Para beber champanhe, nadar na praia (ou na piscina), escalar montanhas, brincar com os cachorros, ouvir música e ler livros, cultivar os amigos e aproveitar a vida!!! Tire o pó… se precisar… Mas a vida continua lá fora, o sol iluminando os olhos, o vento agitando os cabelos, um floco de neve, as gotas da chuva caindo mansamente…. - Pense bem, este dia não voltará jamais!!! Tire o pó… se precisar… mas não se esqueça que você vai envelhecer e muita coisa não será mais tão fácil de fazer como agora… E quando você partir, como todos nós partiremos um dia, também vai virar pó!!! Ninguém vai se lembrar de quantas contas você pagou, nem de sua casa tão limpinha, mas vão se lembrar de sua amizade, de sua alegria e do que você ensinou. AFINAL: “Não é o que você juntou, e sim o que você espalhou que reflete como você viveu a sua vida.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

VIDA DUPLA DA TRABALHO MAS PARECE QUE ELES TIRAM DE LETRA...



EU JA VIVI ISSO...
NINGUEM MERECE.....RESPEITE A PESSOA QUE LUTOU DO TEU LADO, QUE CHOROU JUNTO QUE SORRIU JUNTO, QUE TROUXE MAIS SOLUÇÕES DO QUE PROBLEMAS, QUE TE AMOU MUITO, MAS MUITO MESMO A PONTO DE FICAR 2 ANOS ESPERANDO ALGO ACONTECER ....
RESPEITA OS ANOS, QUE NÃO FORAM POUCOS, E FORAM DEDICADOS A VOCE.
APENAS RESPEITE OS SENTIMENTOS DE QUEM TE ADMIROU E POR ALGUM MOMENTO, ATÉ ACHOU QUE TU ERA MELHOR QUE ELA, QUE TEU CORAÇÃO ERA MAIS COMPLACENTE QUE O DELA, E ACIMA DE TUDO, RESPEITA AQUELA QUE UM DIA ACREDITOU QUANDO TU DISSE " JÁ TE DISSE QUE TE AMO HOJE?" E 7 DIAS DEPOIS TU ESTAVA SAINDO DE CASA..DA MANEIRA COMO FOI...
DESCULPE ISSO FOI SÓ UM DESABAFO, DE UMA SITUAÇÃO QUE EM PARTE FOI MAU RESOLVIDA, E AINDA TEM UMA FERIDINHA POR DEBAIXO DESTA CASCA..UM AMOR TÃO GRANDE NÃO PODERIA TER TERMINADO COM ESSA TREMENDA FALTA DE RESPEITO, E COM ESSE DESCASO TODO...SÓ POR ISSO AINDA FALO, PORQUE NÃO ACEITEI QUE FOSSE ASSIM....MERECÍAMOS MAIS...PRONTO FALEI...

sexta-feira, 31 de maio de 2013

MULHERADA ESSA É PRA GUARDAR A SETE CHAVES




COMO FAZER UM HOMEM BEIJAR O CHÃO QUE TU PISA.....

Para começar, vamos deixar bem claro que "Eu Te Amo" só deve ser dito uma vez por ano, da mesma forma que "feliz aniversário" ou "Feliz Natal"!
E se ele for um "purgante", um chato de galocha bem inseguro, destes que ficam perguntando o tempo todo se você o ama, responda secamente:
"O que você acha?"

Homem muito seguro de si é uma merda, acredite. E quando ele fica nestas de perguntar sobre seus sentimentos, a melhor maneira de baixar a bola do gostosão é respondendo uma pergunta com outra. Afinal, ele podia jurar que a resposta seria "claro que te amo amor", mas diante de sua reação é bem provável que acabe morrendo de aflição.
Se dá certo? Oras, sempre dá certo com vocês, por que não daria com ele? Lembra das vezes que quis saber o quanto te amava e ele desconversou, fez que não estava entendendo o que queria dizer? Então, não se sentiu péssima diante da falta de reposta? Não teria sido melhor ele dizer um "Sim, querida", ou até mesmo um "Sei lá", qualquer coisa, menos aquela maldita incerteza?

Como homem adora perguntar se houve alguém melhor que ele em sua vida - e a verdade muitas vezes pode deixá-lo arrasado - antes de contar aquela mentira deslavada que ele é o "the best", o maior amante que já teve, repita a mesma tática, alimentando suas inseguranças:
"Por que acha que estou com você, querido??"

Ele gostaria de escutá-la dizendo que fica molhada só de imaginá-lo peladão, que é o homem mais gostoso do mundo, mas aí você iria pôr tudo a perder.
E antes de achar que perderá seu queridinho semeando em sua mente a indecisão, aprenda que o que mais prende um homem são as incertezas.

"Ó, dúvida cruel...Por qual motivo ela está comigo? Será que não estou dando no couro e ela só dá pra mim por que me ama? Oh, meu santo, onde está aquele livro do Kamasutra pra eu aprender mais um pouco de sexo?

Viu como é fácil fazer um homem se interessar mais pelo sexo que faz?

Fantasias e pequenos fetiches só devem ser repetidos esporadicamente, evitando repetir certas posições ou fantasias de acordo com a vontade dele.

Por isso, se ele quer sexo anal, faça como a mamãe, que fazia bolo de chocolate só de vez em quando. Lembra como você pensava que seria ótimo comer bolo o tempo todo? Mas você sabe que perderia todo o encanto se fosse todo dia, não é?
Então, com certas sacanagens tem que ser assim também. Tem que fazer o carinha merecer e desejar ardentemente o dia do "bolinho de chocolate".

Quando é que você vai repetir a dose, hein? -abandando o rabinho igual um cachorrinho pidão -Talvez amanhã? Oba!!

Mesmo que seja bom escuta-lo dizendo que está linda, não vai dar uma de tonta e se arreganhar toda. O certo é receber o elogio como algo natural, dar um sorriso de agradecimento, e só! Não tem nada a ver com frescura, minha filha. Oras, isso é tática da boa, coisa que a gente usa para manter as mulheres apaixonadas.

Você já viu algum homem se derreter por causa de um elogio quanto a sua beleza? Claro que não! Somos tão arrogantes que agimos como se elogios fossem algo que ouvimos o tempo todo.

E não vai dar uma de totona e dizer: "Ah, amor...'Ce tá falando isso só pra me agradar..."
Cacete!!! Se valoriza, traste!!!

Nunca seja a primeira a ligar no dia do seu aniversário. Aqui não tem nada de desprezo, muito pelo contrário. Espere o final do dia, quando ele estiver bem apreensivo. Sabe como é: além de fazê-lo pensar bastante em você, isto servirá para que ele perceba que é tão é importante em sua vida, que mal pode esperar por seu "Feliz aniversário".
Nunca, em hipótese alguma, deixe que ele pense que pode agradá-la com qualquer presentinho - um perfume comprado no camelô ou uma bimbada num muquinfo qualquer.

Você quer que ele lhe respeite e entenda que não é uma qualquer, certo? Então, mesmo que se sinta tentada a fazer aquele sexo animal, naquele hotelzinho fuleiro, cheio de pulgas, controle seu tesão e diga "não"! Em pouco tempo ele vai aprender que precisa ganhar mais para levá-la à lugares menos deprimentes. Então você terá um homem apaixonado e ao mesmo tempo o incentivará a ganhar mais!

Homens adoram achar que suas mulheres são requintadas e especiais, tudo na nossa vida funciona deste jeito. Gostamos de exaltar a potência do motor dos nossos carros, a qualidade dos nossos tênis importados, e não é diferente com as mulheres. Quando um homem tem AQUELA mulher ao seu lado, ele gosta de dizer com a boca cheia: "Minha mulher é demais!"

Agora, quando ele tem uma coió como esposa, o máximo que ele diz é que ela cozinha bem...

Quando dita na medida e nos momentos certos, a palavra NÃO pode ter um poder maravilhoso sobre os homens. Mulheres que sempre dizem SIM não representam nenhum tipo de desafio aos homens.

O segredo para fazer um homem beijar os seus pés está na capacidade de saber usar a maldade e a docilidade feminina nas doses certas!

sábado, 25 de maio de 2013

MORRER LENTAMENTE - MARTHA MEDEIROS



Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os “is” em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.
Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um feito muito maior que o simples fato de respirar. Somente a ardente paciência fará com que conquistemos uma esplêndida felicidade.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

DAR OU NÃO DAR NO PRIMEIRO ENCONTRO






1º encontro... Dar ou não dar?

Dar ou não dar, eis a questão. Você tá na porta da sua casa, acabou de voltar muito bem acompanhada da balada. Vocês estão num amasso nervoso dentro do carro, você está morrendo de tesão mas ao mesmo tempo presa em seu conflito interno se chama o cara para entrar e terminar o que começaram, ou se segue os sete mandamentos de como conquistar um cara em dez passos e deixa o convite para depois do quarto encontro, porque “fazendo assim ele não vai me achar uma vadia, não é mesmo?”. Se você se identificou com a situação descrita, na boa, eu tenho pena de você. Me desculpe, mas tenho dó de quem precisa de aprovação para viver. E é por isso que me pergunto: o que aflige tanto as mulheres? Por que temos que praticamente “fingir” que não gostamos de sexo? Por que ainda é tabu a mulher dizer que adora sexo tanto quanto o homem?

Apesar da liberdade sexual que conquistamos nos últimos 50 anos com a criação da pílula anticoncepcional e a entrada feminina no mercado de trabalho, ainda vivemos sob os resquícios de uma ótica machista. Nos foi ensinado, durante séculos, que só havia dois papéis para a mulher: o da casa e o da rua. Em casa, só entrava o sexo para procriação, aquele de luz apagada e no qual a mulher é apenas um instrumento da masturbação masculina. Já a rua era o local das mulheres que dizem sim ao prazer – as tais oferecidas. Chamar a mulher liberada de puta é um vestígio desse maniqueísmo obsoleto. Os nomes mudaram, mas o tratamento para quem transa com vários caras não: o “maçaneta” dos anos 50 evoluiu para o “piranha” que atualmente virou “periguete”. Transforma-se o adjetivo, o preconceito não.

O papel de homem e mulher no sexo sempre teve regras. Fazia parte do jogo de sedução a recusa dela e a insistência dele. Apesar de hoje essa dança de acasalamento sincronizada não fazer mais sentido, quantos manuais já foram escritos em revistas femininas ditando os 10 passos que devemos seguir religiosamente para transformar o paquera em um namoro sério? E quantos desses tem como regra número um postergar o sexo? Essas revistas tem uma visão tão equivocada e retrógrada que até a sessão destinada a tratar do assunto se chama “amor e sexo”, como se para as mulheres os dois sempre estivessem atrelados um ao outro e não pudessem existir independentes. E tudo isso em vão, já que se o cara não quiser algo mais sério com você, não vai ser o sexo logo de cara (ou a ausência dele) que vai mudar isso – a não ser é claro que ele seja um machista, mas nesse caso a gente até agradece descobrir isso para se livrar logo do mané.
Aliás, até a ciência comprova que o sexo mais ajuda a engatilhar do que a espantar um possível relacionamento. Estudiosos norte-americanos perceberam que quando transamos nosso corpo libera ocitocina, um hormônio que ajuda a criar laços emocionais com o parceiro. Ou seja, o velho conselho para você “resistir à tentação ou ele vai pular fora na manhã seguinte” é uma furada, perda de tempo.

Então pra quê se prender a esses manuais de conduta pré-estabelecidos que tentam padronizar todos os tipos de relacionamento? Por que tantas mulheres continuam escutando-os e adiando o prazer quando poderiam tê-lo aqui e agora? E que tipo de comportamento incentivamos com isso? O de que se a mulher deu na primeira é porque não vale nada? A Charlotte de Sex and the City que me perdoe, mas ao negar nosso próprio prazer também contribuimos para reafirmar e fortalecer o estereótipo da “mulher fácil x mulher difícil”, da “mulher pra casar x mulher pra se divertir”, de que se você afirma que gosta de sexo, você não presta.

Acredito que uma boa parte das mulheres ainda não foca a atenção em si mesma. Fica mais encanada imaginando o que os outros vão pensar e vão dizer, ao invés de preocupar-se com o que ela quer para ela mesma. Mas acredito também que cada vez mais mulheres pulam essa barreira de hipocrisia que separa a mulher-de-casa x mulher-da-rua. Afinal, desejo não tem local nem hora certa para surgir. Sou dessas que, se sentir vontade, transam logo no primeiro encontro. E se você sente algum incômodo com essa afirmação, acho que na real o problema não está em mim, mas sim em você. Se toda mulher é meio Leila Diniz eu acredito na máxima da musa de que “quebro a cara toda hora, mas só me arrependo do que deixei de fazer por preconceito, problema e neurose”.

Texto publicado no blog Entre todas as Coisas do queridíssimo Daniel Bovolento.

sexta-feira, 15 de março de 2013

É DIFÍCIL ....

Hoje to em frangalhos, minha pressão está alta faz 2 dias e não tem cristo,que faça ela voltar ao normal....minha labirintite sempre fiel, a dor na lombar ta insuportável,.... não perco 100 gramas de peso pra ajudar pelo menos...
Hoje foi um dia daqueles...nada ta bom ou bem...o coração ta se rebelando, deve estar cansado de estar sozinho,... e não quero parecer agorando mas pode se acostumar porque acho que vai ficar cada vez mais sozinho, ...Puxa me doeu agora isso que escrevi, ...se acostumar a ficar sozinho, eu que levo a bandeira da cumplicidade estampada no peito, eu que defendo dormir de conchinha até que a morte nos separe, pois é, minha carência ta em nível máximo...Mas acho que a minha revolta ta ainda maior , to descrente das pessoas , me deixei enganar (to decepcionada comigo),credo, parece que estou no muro das lamentações...
Olho para um lado, não posso confiar, olho pro outro, devo confiar um pouco menos...O que aconteceu com as pessoas?
Quero voltar pra 1970, eu tinha 9 anos , andava na minha caloi azul dobrável que ganhei do papai noel, usava kichute,brincava na rua o dia inteiro, na frente da minha casa, ou na casa de alguma amiga, estudava no Santa Dorotéia .... as pessoas te davam bom dia, e todo mundo se conhecia...Não sei o que foi que mudou tanto....
Vou parar por aqui....to muito amarga pra escrever mais....vou comer um chocolate, amanhã se estiver melhor volto...

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

FINAL DE ANO CHEGANDO NOVAMENTE

Mais um ano se vai, e com uma rapidez estrondosa,o saldo sempre é positivo,por menos que se faça,vivemos, amamos, brigamos choramos, rimos, aprendemos e amadurecemos....consequentemente crescemos...e conseguimos nos preparar mais e mais para o próximo ano que já está se anunciando com grandes expectativas.
Este ano o ponto alto foi a Chegada da Izabella, minha neta ...Chegou no dia 08 de Novembro 48cm e 3.135kg...Ela é o principal motivo do BLOG estar parado...kkkkkk....mudou minhas rotinas, chegou chegando...a Pagodeira noturna é pegada, durante o dia eu e minha filha nos revezamos na sonolência, e à noite estamos firmes e fortes nos embalos de segunda a segunda....
Ela é simplesmente Linda...perfeita....e a baba escorre rsrsrsrs...
Voces estão achando que eu sou uma vó babona e exagerada né? Então olha a Figura e depois me digam...








Agora me respondam se sou babona com razão...kkkkkkk

Continuo frequentando o nosso Videokê, a turma cada vez maior e Unida, faz com que renove minhas forças e energias...Não posso abrir mão disso nunca, pois é na música que recarrego as baterias...Lembra quando fiz o Balanço ano passado que disse que estava num momento SARAIEVO, e que não sabia como seria após a virada do ano? Pois Bem continuo nesse momento, tive altos e baixos, mas to por ali...Foi um ano que minha auto estima esteve em alta, adoreiii....espero que 2013 me traga momentos bons como tive em 2012, quem sabe sou merecedora de momentos melhores ainda? Quem sabe....
Estou programando em reunir a família para o Natal, tudo por conta de dona Izabella, espero que consiga....
Ainda tenho um assunto pendente e que não vou abordar aqui porque é meio dolorido, mas se Deus me abençoar, eu pretendo virar a página de 2012 com isso resolvido, se não conseguir, levo pra 2013 algo sério e que terei que me puxar, pra dar conta do Babado...
Desejo à todos um Feliz Natal e um 2013 cheinho de coisas boas acontecendo o tempo todo...






quarta-feira, 12 de setembro de 2012

MEU MELHOR E O MEU PIOR....





Não devo pedir autorização ou me desculpar por ser como eu sou.
Não devo me prender, calcular atitudes, ou ficar embaraçada diante da sua presença.
Não sou de me conectar com o que não me interessa, não acrescenta,não me traz paz, assim como também não finjo falta de interesse sobre determinado assunto que ainda me importa .
Quem não compreende os meus defeitos,os meus silêncios, o meu jeito desajeitado, o meu modo de ver a vida, jamais poderá aproveitar o melhor que eu tenho.
Não me dou pela metade, e não aceito metades.Venha com tudo que tem, que receberá tudo que eu puder oferecer.
Se você se encantar com o meu melhor, terá que ter capacidade de conviver com o meu pior.

IMELDA SITOLE

quinta-feira, 8 de março de 2012

SER MULHER





Ser mulher não é uma tarefa das mais fáceis, mas é a mais linda, a mais sublime, e não é pra qualquer um...Tem que ser MULHER !!!!
Ser mulher é sorrir muitas vezes quando temos vontade de chorar, é saber que somos uma ilha cercada de hormônios por todos os lados e na maioria do tempo eles agem de bandido contra nós....
Ser mulher é simplesmente único, não temos fórmulas, nem receitas de como ser, simplesmente somos.
Descobrimos na dor a força, na dificuldade a perceverança, e na alegria a magia de viver, por isso somos mulher..Temos uma aliada infalível, " INTUIÇÃO FEMININA" que soa o alarme de perigo em muitas situações, mas se estamos dispostas a arriscar arriscamos assim mesmo...Afinal de contas somos mulheres....
Somos um MIX de : curiosidade, cuidado,determinação, fragilidade, carência...
Ser estranho que gera uma vida e ao mesmo tempo esquece da sua própria , e passa a viver abrindo caminhos e tirando obstáculos para que esse pequenino ser gerado, ande livre e conquiste o seu lugar ao sol...
É....somos assim mesmo, inexplicáveis ....e únicas....
E a vida vem de repente e nos vira do avesso, e descobrimos que o avesso é o nosso lado certo..isso é coisa de mulher...
Um grande dia para todas nós que fazemos da vida de todos uma grande emoção...

Silvana

domingo, 5 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

PAPO DE HOMEM -AUTOR ANÔNIMO - EXCELENTE


Primeiro eu gostaria de dizer que essa é uma conversa de homem pra homem. Aquela que nosso pai deveria ter tido com a gente. Se você prefere ficar vendo tirinhas engraçadas, vídeos que serão esquecidos em minutos ou fofocas na Internet, pode parar por aqui.


Mesmo que esse texto seja desnecessário para muitos homens, é possível que haja leitores PdH ainda desavisados, então vamos direto ao ponto.

“Puta x mulher pra casar”? Pense de novo.
Desde pequeno, por meio de novelas e filmes de Hollywood, nossa mente foi programada com a seguinte ideia: mulheres são princesas delicadas que devem ser amadas e cuidadas. Qual é o problema com essa frase? Nenhum. Isso tudo é verdade, mas somente metade. Mulheres são princesas, emocionais e delicadas? Sim. Mulheres são safadas, sedentas por sexo e pensam nisso tanto quanto e às vezes mais do que os homens? Sim! Mas infelizmente essa informação não foi programada na nossa mente durante a juventude, resultando agora em uma dinâmica bem curiosa.

Eu sempre achei que quando uma mulher transava na primeira noite ela era uma pessoa sem valor. Quem nunca pensou dessa forma que atire a primeira pedra! Se você ainda pensa assim, continue lendo e provavelmente vai mudar de ideia.

Durante muito tempo a sociedade determinou que as mulheres deveriam ser criaturas santas. Ao contrário dos homens que podiam beber, trepar e se acabar em todo tipo de atividade ilícita, deveriam ficar intocadas, puras, inocentes. Mulheres que transavam antes do casamento eram consideradas “sirigaitas” – e nenhum homem jamais queria saber delas para casar.

Isso tudo fez com que algumas mulheres se tornassem quietas e comportadas em relação ao sexo. Ao mesmo tempo em que isso acontecia, algo muito mais forte e incontrolável rolava por dentro da mente (e da saia) feminina. Ao reprimirmos as mulheres de se expressarem sexualmente, a parte animal e instintiva da mulher criou um desejo enorme e um tesão espantoso por essa coisa tão proibida: sexo.

Essa programação da sociedade funciona tanto para elas, quanto para alguns de nós, homens, que achamos que mulheres deveriam ser puras e imaculadas.

Mulher é um ser humano assim como nós. Parece até bobo falar tamanha obviedade, mas infelizmente ainda é preciso. O fato de você sair para a balada e comer uma garota na mesma noite quer dizer que você é um imprestável, prostituto, sem caráter? Claro que não. Mulheres gostam de sexo da mesma forma que nós, se não mais!

Por que às vezes elas não transam no primeiro encontro
Se juntarmos as peças desse quebra-cabeça, poderemos concluir que muitas mulheres adiam o sexo não porque elas não gostam, são de família ou querem nos deixar excitados, mas pela mera razão de que se transarem de primeira podem criar uma imagem negativa. De fato, quando transam com uma mulher logo de cara, vários caras realmente pensam que ela não presta (e incrivelmente não aplicam a mesma lógica para si mesmos).
Espero que vocês estejam acompanhando meu raciocínio porque tudo que eu disse até agora é baseado puramente na lógica e porque a próxima conclusão que podemos tirar disso tudo pode ser arrebatadora.

Muitas mulheres não transam de primeira porque estão presas pelos padrões da sociedade e precisam manter a imagem de garota de família. Portanto, aquelas que transam logo de cara são garotas que não se deixam influenciar pela sociedade. Livres, espontâneas, aventureiras, confiantes, seguras… mulheres pra casar.

Pare por um momento para digerir essa ideia e tudo que ela implica. Pense na quantidade de vezes que você julgou errado uma mulher por causa disso. A boa noticia é que agora você pode mudar isso e pensar direito, com bom senso em vez de senso comum.
Bônus: lembrete aos desavisados
Para os que estão namorando e que no sexo tratam a mulher com afagos e carinhos, sempre preocupados se ela está confortável e sentindo tesão, aqui vai uma dica de ouro, já bem explorada no PdH: mulher adora ser dominada na cama, adora ser chamada de puta, cachorra e todos os nomes obscenos que você possa imaginar. Elas gostam de um homem que não faça amor com elas, mas coma e meta com vigor, pois na cama é o único lugar onde elas podem se abrir completamente e ficar cara a cara com sua sexualidade.

Mulheres gostam de ser comidas de todas as formas, com direito a tapas, puxadas de cabelo e mordidas. Comece a fazer essas coisas sem medo e delicie-se com o resultado.

Para evitar mal entendidos, explicito o óbvio: a putaria e o vigor só fazem sentido em meio a muito respeito, apreciação, cuidado, interesse, amor. Abrace-a, diga o quanto você a ama e o quanto ela é importante para você. Ela precisa saber que você a respeita, de verdade.

Agindo assim, meus amigos, facilmente vocês se transformarão no homem dos sonhos de toda e qualquer mulher.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

CREDO QUASE TERMINA O ANO E EU NÃO FAÇO O BALANÇO



Bom, deu pra perceber que a coisa ta meio tumultuada, já é 20 de Dezembro, e eu enrolada como sempre. Como sempre não posso dizer, esse ano to mais demorada enrolada, e com o espírito de Natal, custando a sair pra fora. Não que o ano não tenha méritos, inclusive ainda estou na fase do QUE MOMENTO lembra? Realmente termina este ano e eu com algo nas mãos que ainda não sei como vai acabar.
Se é bom ou não, só depois de janeiro começar é que vou ter alguma noção.
Mas posso dizer que o ano foi positivo, viajei muito, fui ao URUGUAI dirigindo, fui a Nova prata, e não consigo esquecer a POUSADA FORNASIER , próximo a Bento Gonçalves...Também teve Carlos Barbosa com seus queijos e vinhos, e tudo isso devo a minha amigona Carmem que está sempre de plantão e de olho nas promoções da Internet...
Termina esse ano, em que criei a nossa confraria, fiz o nosso Brasão, estou fazendo as camisetas e a nossa turma está cada vez melhor, maior, e com certeza o Carnatão de 2012 , vai também ficar pra história.
Só tenho que agradecer e pedir mais uma chance a Deus de poder viver um 2012 pleno e abençoado com muitas conquistas e realizações...
E venha 2012...........
Com muita Alegria, paz, harmonia, sexo(muito),amor tesão, e tudo que uma vida possa te oferecer...

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

SER OU NÃO SER DE NINGUÉM

SER OU NÃO SER DE NINGUÉM

Na hora de cantar, todo mundo enche o peito nas boates e gandaias, levanta os braços, sorri e dispara:
"... eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também..."
No entanto, passado o efeito da manguaça com energético, e dos beijos descompromissados, os adeptos da geração tribalista se dirigem aos consultórios terapêuticos, ou alugam os ouvidos do amigo mais próximo e reclamam de solidão, ausência de interesse das pessoas, descaso e rejeição.
A maioria não quer ser de ninguém, mas quer que alguém seja seu. Beijar na boca é bom? Claro que é! Se manter sem compromisso, viver rodeado de amigos em baladas
animadíssimas é legal? Evidente que sim.
Mas por que reclamam depois?

Será que os grupos tribalistas se esqueceram da velha lição ensinada no colégio, de que toda ação tem uma reação? Agir como tribalista tem conseqüências, boas e ruins, como tudo na vida. Não dá, infelizmente, para ficar somente com a cereja do bolo - beijar de língua,
namorar e não ser de ninguém. Para comer a cereja, é preciso comer o bolo todo e, nele, os ingredientes vão além do descompromisso, como: não receber o famoso telefonema no dia seguinte, não saber
se está namorando mesmo depois de sair um mês com a mesma pessoa, não se importar se o outro estiver beijando outra, etc, etc, etc.
Embora já saibam namorar, os tribalistas não namoram.
"Ficar" também é coisa do passado. A palavra de ordem hoje é "namorix". A pessoa pode ter um, dois e até três namorix ao mesmo tempo. Dificilmente está apaixonada por seus namorix, mas gosta da companhia do outro e de manter a ilusão de que não está sozinho. Nessa nova modalidade de relacionamento, ninguém pode se queixar de nada.
Caso uma das partes se ausente durante uma semana, a outra deve fingir que nada aconteceu, afinal, não estão namorando. Aliás, quando foi que se estabeleceu que
namoro é sinônimo de cobrança? A nova geração prega liberdade, mas acaba tendo visões unilaterais. Assim, como só deseja a cereja do bolo tribal, enxerga somente o lado negativo das relações mais sólidas. Desconhece a delícia de assistir a um filme debaixo das cobertas num dia chuvoso comendo pipoca com chocolate quente, o prazer de dormir junto abraçado, roçando os pés sob as cobertas, e a troca de cumplicidade, carinho e amor.
Namorar é algo que vai muito além das cobranças. É cuidar do outro e ser cuidado por ele, é telefonar só para dizer boa noite, ter uma boa companhia para ir ao cinema de mãos dadas, transar por amor, ter alguém para fazer e receber cafuné, um colo para chorar, uma mão para enxugar lágrimas, enfim, é ter alguém para amar.
Já dizia o poeta que amar se aprende amando. Assim, podemos aprender a amar nos relacionando. Trocando experiências, afetos, conflitos e sensações. Não precisamos amar sob os conceitos que nos foram
passados. Somos livres para optarmos.
E ser livre não é beijar na boca e não ser de ninguém. É ter coragem, ser autêntico
e se permitir viver um sentimento... É arriscar, pagar para ver e correr atrás da tão sonhada felicidade. É doar e receber, é estar disponível de alma, para que as
surpresas da vida possam aparecer. É compartilhar momentos de alegria e buscar tirar proveito até mesmo das coisas ruins. Ser de todo mundo, não ser de ninguém,
é o mesmo que não ter ninguém também... É não ser livre para trocar e crescer... É estar fadado ao fracasso emocional e à tão temida SOLIDÃO... Seres humanos são anjos de uma asa só, para voar têm que se unir ao outro"
Arnaldo Jabor

sábado, 12 de novembro de 2011

UMA EXPLICAÇÃO DOS SENTIMENTOS ( A MELHOR QUE EU JÁ VI)

O QUE É......

SAUDADE
é quando o momento tenta fugir da lembrança,
para acontecer denovo, e não consegue.


LEMBRANÇA
é quando mesmo sem autorização,
seu pensamento representa um capítulo.

PREOCUPAÇÃO
é quando uma cola daquilo que ainda não aconteceu,
não sai do seu pensamento.

INDECISÃO
é quando voce sabe muito bem o quer,
mas acha que deveria querer outra coisa.

INTUIÇÃO
é quando seu coração dá um pulinho no futuro,
e volta rápido.

PRESSENTIMENTO
é quando passa em você um trailer de um filme,
que pode ser que não exista.

VERGONHA
é um pano preto que voce quer para se cobrir,
naquela hora.

ANSIEDADE
é quando faltam muitos minutos ,
para o que quer que seja.

INTERESSE
é um ponto de exclamação ou de interrogação ,
no final do sentimento.

SENTIMENTO
é a lingua que o coração usa,
quando precisa mandar algum recado.

RAIVA
é quando o cachorro que mora dentro de você,
mostra os dentes.

TRISTEZA
é uma mão gigante que aperta seu coração.

FELICIDADE
é um agora que não tem pressa nenhuma.

LUCIDEZ
é um acesso de loucura ao contrário.

RAZÃO
é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo,
e assume o comando.

AMIZADE
é quando voce não faz questão de voce,
e se empresta pros outros.

MÁGOA
é quando abre um buraco dentro do seu peito,
e enterra todos os sentimentos que um dia passaram por ali.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

TESÃO DE INTELIGÊNCIA


Hoje dedico meu precioso tempo, para escrever uma crônica a você, que tem uma visão aprofundada e minunciosa e destorcida do que seja um tremendo MULHERÃO.
Lógico que quando falei Mulherão, tu já consultou teu HD de memória, e em fração de segundos, passaram pelo monitor umas 35 imagens de Bundas maravilhosas durinhas e saltitantes, seios fartos e empinados, que nem um terremoto de 9 pontos na escala Richter, faz com que se movam ou despenquem, e pernas roliças lisinhas e torneadas...Uauuuuuu....parabéns.....arquivos com grande qualidades....
Só que o MULHERÃO que eu estava me referindo não seria bem esse...se eu colocasse no GOOGLE a palavra Mulherão e colocasse todas essas qualidades encontradas nos teus arquivos ele perguntaria:
VOCE QUIS DIZER: Mulher que batalha todos os dias, para que o dia seguinte seja sempre melhor e mais Feliz, alguem que ama a vida e sabe que o dia tem 24HS e que a terra gira, e que tudo que ao amanhecer esta por cima, no final do dia estará por baixo e vice versa. Mulherão é aquela que quando voce está desempregado, voce pode contar que ela vai segurar as pontas da casa, pagar as contas e ainda fazer a comida que voce gosta, sem contar que não vai ficar te cobrando que quer um sexo selvagem, sabendo que seu orgulho masculino está em baixa, e voce está se sentindo a 5ª pessoa depois de ninguem.
Mulherão, é alguem que foge totalmente do padrão imposto pela sociedade masculina primitiva....é alguem que pensa, é alguem com conteúdo, é alguem que sabe que quando um Homem olha uma Mulher os valores a serem observados e avaliados estão vistos a Olho nú....porque fora a Aparência nada mais interessa.
Pois bem, vamos usar um pouquinho desse veneno e inverter as coisas:
Meu caro e refinado avaliador, sinto mesmo te dizer que voce vai ter que conviver realmente com esse tipo de MULHERÃO, porque mulher bonita e inteligente, jamais vai perder tempo com alguem tão superficial....
E tu só vai entender o que é um MULHERÃO, se tu tiver uma filha que não corresponda ao padrão das gostosas, e ver ela sendo rejeitada e sofrendo com a discriminação do teu colega, ai sim, tu vai parar e pensar: mas ela é a pessoa mais carinhosa e inteligente que eu já vi, tem milhões de qualidade, será que esse Asno não percebe o diamante que ele perdeu?
Pois bem meu caro e refinado avaliador,quando tu te deparar com alguem que não passe no teu teste de avaliação, pense bem, alguem pode neste exato momento estar avaliando tua filha....tua irmã...tua mãe....tua prima.....
Durma Bem.....

sábado, 22 de outubro de 2011

UM SÁBADO QUALQUER


Hoje é um sábado qualquer, mas eu vou pegar ele e transformar num dia inesquecível.
Pra começar meu neto depois de tempos está aqui em casa, isso já deu um brilho diferente neste dia que tinha tudo pra ser igual.
Mas o que vai fazer a diferença , é algo que está dentro deste peito e desta alma, que já passou por tantas coisas ruins, que já chorou tão doido que a lágrima chegou a queimar o rosto de tão quente, e de tanta dor.
Hoje estou bem, realmente não sei por quanto tempo, mas vou aproveitar o máximo que eu puder...Foram tantas transformações nestes últimos anos, foram tantas turbulências de sentimentos, que eu pensei que ia surtar...
Surtar? Que nada...o verbo certo seria: Amadurecer, crescer, se encontrar, se despachar, saber, viver...... e SABER VIVER...
Aí está a chave de todas as portas. Mas é tão difícil saber viver, porque temos uma idéia pronta de como queremos a vida, e se ela se apresenta diferente daquilo que idealizamos, já não ta bom .. E quem garante que como queremos é o BOM?
Por essas e por outras , quando o dia amanhece eu prefiro contar com a surpresa do dia, e viver emoções diferentes daquelas que eu havia planejado.
No começo deste mes, o dia já estava quase acabando , já não esperava muito mais daquele dia, quando VIVI algo intenso, lindo,e que já nem pensava mais que poderia acontecer...E tudo começou com apenas um Roçar de rosto, e um olhar que não vou esquecer.
Então minha NEGA, pegue os dias que parecem comuns,e descubra neles o teu melhor...
E viva tudo com o brilho do teu olho, com o calor do teu corpo, e a alegria do teu sorriso.... que nunca mais os dias serão apenas dias...eles passarão a ser vida...
Beijos
Silvana

domingo, 9 de outubro de 2011

É ASSIM QUE TEM QUE SER...KKKKKKK



NÃO IMPORTA O QUE ACONTECEU DURANTE O DIA......
VOLTE PRA CASA SEMPRE DE CABEÇA ERGUIDA.....
DESPLUMADA "ESTROPIADA" E CANSADA MAS DIREITINHA COM GLAMOUR....

ESSA É A ATITUDE.......

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

STEVE JOBS - GÊNIO DA VIDA


Lembrar que um dia vamos morrer é a melhor fórmula que conheço para evitar as armadilhas de pensar que temos algo a perder. Já estamos nus. Não há motivo para não seguirmos o nosso coração...

QUE MOMENTO!




Segundo Dráuzio, reprimir sentimentos dá cancer, eu como quero viver até os 124 anos, vou começar dizendo, que : estou vivendo um momento, especial de sentimentos especiais.....esta tudo fervilhando, mas consigo digerir um por um, na sua maior excência....
Vou tentar descrever o que não é descritível, mas comparando, talvez consiga explicar ou justificar a cara de Pateta e o sorriso bestial que se instalou na minha face.
Pegue um caldeirão Vazio, retire a poeira e as teias, leve ao fogo para esquentar.
Pegue um pouco de auto estima, e unte bem o caldeirão,enquanto o caldeirão esquenta, dê um ROÇAR de rosto e um beijo bem quente, jogue bem ligeiro uma porção generosa de tesão, carinho , e desejo....
Junte tudo isso, com lençóis de onça, e uma janela aberta para ver o clarão da Lua.
Pronto...sirva quente, e se lambuse, pq isso se chama Paixão...
Beijos nessa boca maldita que me enfeitiçou....

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Aiiiii......COMO TO BANDIDAAA!


MAMÃE COMPLETA: ACIONADOR, AR, DIREÇÃO, TRAÇÃO NAS 4, ENGATE PRA REBOQUE(ISSO DEPENDE O MODELO E O ANO)


Queridos Marido e Filhos,
Em primeiro lugar, Mamãe gostaria de agradecer a presença de todos nesta Primeira Convenção Familiar. Mamãe sabe como foi difícil abrir um espaço nas agendas de cada um de vocês: Papai tinha uma lavagem de carro praticamente inadiável, Júnior já tinha marcado de se trancar no quarto, Carol estava para receber pelo menos três telefonemas importantíssimos de uma hora e meia cada um.
Mamãe está comovida. Muito obrigada.

Bem, conforme Mamãe já tinha mais ou menos antecipado, esta convenção é para comunicar ao público interno - Papai, Júnior e Carol - todas as modificações nos produtos e serviços da linha Mamãe.

Como vocês sabem, a última vez que Mamãe passou por reformulações foi há 14 anos, com o nascimento do Júnior. De lá para cá, os hábitos e costumes, o panorama cultural, a economia e o mercado passaram por transformações radicais.
Mamãe precisa acompanhar a eREvolução dos tempos, sob pena de ver sua marca desvalorizada.

Para começar, Mamãe vai mudar a embalagem. Mamãe sabe que esta é uma decisão polêmica, mas, acreditem, é o que deve ser feito.
Mamãe sai desta convenção direto para um spa, e de lá para uma clínica de cirurgia plástica.
Nada assim tão radical. Haverá pouquíssimas alterações de rótulo,vocês vão ver.

Mamãe vai continuar com praticamente o mesmo formato, só que com linhas mais retas em alguns lugares e linhas mais curvas em outros.
Calma, Papai! Mamãe já captou recursos no mercado.
Mamãe vai ser patrocinada por uma nova marca de comida congelada. Lei Rouanet, porque Mamãe também é cultura. Junto com o lançamento da nova embalagem de Mamãe, no entanto, acontecerá o movimento mais arriscado deste plano de reposicionamento.

Sinto informar, mas Mamãe vai tirar do mercado o produto Supermãe...

Não, não, não adianta reclamar. Supermãejá deu o que tinha de dar.Trata-se de um produto anacrônico e superado, antieconômico e difícil de fabricar.
Mamãe sabe que o fim da Supermãe vai aumentar a demanda pela linha Vovó, que disputa o mesmo segmento. Paciência. Você não pode atender todos os públicos o tempo todo.

No lugar da Supermãe, Mamãe vai lançar (queriam que eu dissesse 'vai estar lançando', mas eu me recuso) novas linhas de produtos mais adequados à realidade de mercado.

Vocês vão poder consumir Mamãe nas versões Active (executiva e profissional), Light (com baixos teores de pegação de pé), Classic (rígida e orientadora), Italian (superprotetora) e Do-It Yourself (virem-se, fui passear no shopping).

Mas uma de cada vez, sem misturar.
Ah, sim, Mamãe detesta esses nomes em inglês, mas me disseram que, se não for assim, não vende. Mamãe gostaria de aproveitar a oportunidade para lançar seus novos canais de comunicação.

De hoje em diante, em vez de sair gritando pela casa, vocês vão poder ligar para o SAC-Mamãe, um 0300 que dá direto no meu celular (apenas 27 centavos por minuto, mais impostos).

Mamãe também aceita sugestões e críticas no endereço mamae@mamae.net
Mais uma vez Mamãe agradece a presença e a atenção de todos.



(Autoria Desconhecida - mas, um GÊNIO!)

EU TENHO UM AMANTE...E É DOS BONS....


Quem é o seu amante?
(Jorge Bucay - Psicólogo)

" Muitas pessoas tem um amante e outras gostariam de ter um.
Há também as que não tem, e as que tinham e perderam".
Geralmente,
são essas últimas que vem ao meu consultório,
para me contar que estão tristes
ou que apresentaram sintomas típicos de insônia,
apatia, pessimismo, crises de choro, dores etc.
Elas me contam que suas vidas transcorrem de forma monótona e sem perspectivas, que trabalham apenas para sobreviver
e que não sabem como ocupar seu tempo livre.
Enfim, são várias as maneiras que elas encontram para dizer que estão simplesmente perdendo a esperança.
Antes de me contarem tudo isto, elas já haviam visitado outros consultórios, onde receberam as condolências de um diagnóstico firme:
"Depressão",
além da inevitável receita do anti-depressivo do momento.
Assim, após escutá-las atentamente,
eu lhes digo que não precisam de nenhum anti-depressivo; digo-lhes que precisam de um
AMANTE!!!
É impressionante ver a expressão dos olhos delas
ao receberem meu conselho.
Há as que pensam:
"Como é possível que um profissional se atreva a sugerir uma coisa dessas"?!
Há também as que, chocadas e escandalizadas,
se despedem e não voltam nunca mais.
Aquelas, porém, que decidem ficar e não fogem horrorizadas, eu explico o seguinte:
"AMANTE"
é aquilo que nos
"apaixona",
é o que toma conta do nosso pensamento antes de pegarmos no sono,
é também aquilo que, às vezes, nos
impede de dormir.
O nosso "AMANTE "
é aquilo que nos mantém distraídos
em relação ao que acontece à nossa volta.
É o que nos mostra o sentido e a
motivação da vida.
Às vezes encontramos o nosso
"AMANTE"
em nosso parceiro,
outras,encontraremos nas pesquisas científicas ou na literatura,
na música, na política, na fotografia, no lazer com a familia, no esporte, no trabalho, na necessidade de transcender espiritualmente,
na boa mesa, no estudo
ou no prazer obsessivo do passatempo predileto....
Enfim,
é "alguém!" ou "algo"
que nos faz "namorar a vida"
e nos afasta do triste destino de
"ir levando"!..
E o que é "ir levando"?
Ir levando é ter medo de viver.
É o vigiar a forma como os outros vivem,
é o se deixar dominar pela pressão,
perambular por consultórios médicos,
tomar remédios multicoloridos,
afastar-se do que é gratificante,
observar decepcionado
cada ruga nova que o
espelho mostra,
é se aborrecer com o calor ou com o frio,
com a umidade,
com o sol ou com a chuva.
Ir levando
é adiar a possibilidade de desfrutar o hoje,
fingindo se contentar com a incerta e frágil ilusão,
de que talvez possamos realizar algo amanhã*.
Por favor, não se contente com
"ir levando";
procure um amante,
seja também um amante e um protagonista
... DA SUA VIDA!

Acredite:
O trágico não é morrer,
afinal a morte tem boa memória,
e nunca se esqueceu de ninguém.
O trágico é desistir de viver...
Por isso, e sem mais delongas,
procure um amante ...
A psicologia após estudar muito sobre o tema,
descobriu algo transcendental:

"PARA ESTAR SATISFEITO, ATIVO
E SENTIR-SE JOVEM E FELIZ,
É PRECISO NAMORAR A VIDA".

quarta-feira, 22 de junho de 2011

SABEDORIA DE AVÓ....




Quando eu for bem velhinha, espero receber a graça de, num dia de domingo, me sentar na poltrona da biblioteca e, bebendo um cálice de Porto, dizer a minha neta:
- Querida, venha cá.
Feche a porta com cuidado e sente-se aqui ao meu lado.
Tenho umas coisas pra te contar.
E assim, dizer apontando o indicador para o alto: - O nome disso não é conselho, isso se chama colaboração!
Eu vivi, ensinei, aprendi, caí, levantei e cheguei a algumas conclusões.
E agora, do alto dos meus 82 anos, com os ossos frágeis a pele mole e os cabelos brancos, minha alma é o que me resta saudável e forte.
Por isso, vou colocar mais ou menos assim:
É preciso coragem para ser feliz. Seja valente.
Siga sempre seu coração.
Para onde ele for, seu sangue, suas veias e seus olhos também irão.
Satisfaça seus desejos.
Esse é seu direito e obrigação.
Entenda que o tempo é um paciente professor que irá te fazer crescer, mas escolha entre ser uma grande menina ou uma menina grande, vai depender só de você.
Tenha poucos e bons amigos. Tenha filhos. Tenha um jardim.
Aproveite sua casa, mas vá aFernando de Noronha, a Barcelona e a Austrália.
Cuide bem dos seus dentes.
Experimente, mude, corte os cabelos. Ame. Ame pra valer, mesmo que ele seja o carteiro.
Não corra o risco de envelhecer dizendo "ah, se eu tivesse feito...
" Vai que o carteiro ganha na loteria - tudo é possível, e o futuro é imprevisível.
Tenha uma vida rica de vida! Viva romances de cinema, contos de fada e casos de novela.
Faça sexo, mas não sinta vergonha de preferir fazer amor.
E tome conta sempre da sua reputação, ela é um bem inestimável.
Porque sim, as pessoas comentam, reparam, e se você der chance elas inventam também detalhes desnecessários.
Se for se casar, faça por amor.
Não faça por segurança, carinho ou status.
A sabedoria convencional recomenda que você se case com alguém parecido com você, mas isso pode
ser um saco!
Prefira a recomendação da natureza, que com a justificativa de aperfeiçoar os genes na reprodução, sugere que você procure alguém diferente de você.
Mas para ter sucesso nessa questão, acredite no olfato e desconfie da visão.
É o seu nariz quem diz a verdade quando o assunto é paixão.
Faça do fogão, do pente, da caneta, do papel e do armário, seus instrumentos de criação.
Leia. Pinte, desenhe, escreva. E por favor, dance, dance, dance até o fim, se não por você, o faça por mim.
Compreenda seus pais.
Eles te amam para além da sua imaginação, sempre fizeram o melhor que puderam, e sempre farão.
Não cultive as mágoas - porque se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que um único pontinho preto num oceano branco deixa tudo cinza.
Era só isso minha querida.
Agora é a sua vez.
Por favor, encha mais uma vez minha taça e me conte: como vai você?


Isso vale para todos nós, pais, filhos, netos, amigos e amigas...

quarta-feira, 20 de abril de 2011

ONDE FOI QUE NÓS ERRAMOS? SERÁ QUE AINDA É POSSÍVEL PIORAR?




A Triste realidade

Uma análise da evolução da relação de conquista e do amor
do homem para a mulher,
através das músicas que marcaram época.
Não é saudosismo, mas vejam como os quarentões,
cinqüentões tratavam seus amores.
É por isso que de vez em quando vemos uma mulher nova
enroscada no pescoço de um quarentão.



Década de 30:
Ele, de terno cinza e chapéu panamá, em frente à vila onde ela mora, canta:
"Tu és, divina e graciosa, estátua majestosa! Do amor por Deus esculturada.
És formada com o ardor da alma da mais linda flor,
de mais ativo olor, na vida é a preferida pelo beija-flor...."
---------------------------------------------------------
Década de 40:
Ele ajeita seu relógio Pateck Philip na algibeira,escreve para Rádio Nacional
e manda oferecer a ela uma linda música:
"A deusa da minha rua, tem os olhos onde a lua costuma
se embriagar. Nos seus olhos eu suponho,
que o sol num dourado sonho, vai claridade buscar"
-----------------------------------------------------------------------
Década de 50:
Ele pede ao cantor da boate que ofereça a ela a interpretação de uma
bela bossa:
" Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça.
É ela a menina que vem e que passa, no doce balanço a
caminho do mar.
Moça do corpo dourado, do sol de Ipanema. O teu balançado
é mais que um poema.
É a coisa mais linda que eu já vi passar."
---------------------------------------------------------
Década de 60:
Ele aparece na casa dela com um compacto simples embaixo do braço,
ajeita a calça Lee e coloca na vitrola uma música papo firme:
"Nem mesmo o céu, nem as estrelas, nem mesmo o mar e o infinito
não é maior que o meu amor, nem
mais bonito. Me desespero a procurar alguma forma de lhe falar,
como é grande o meu amor por você...."
---------------------------------------------------------
Década de 70:
Ele chega em seu fusca, com roda tala larga, sacode o cabelão,
abre porta pra mina entrar e bota uma melô jóia no toca-fitas:
"Foi assim, como ver o mar, a primeira vez que os meus olhos
se viram no teu olhar....
Quando eu mergulhei no azul do mar, sabia que era amor e
vinha pra ficar...."
---------------------------------------------------------
Década de 80:
Ele telefona pra ela e deixa rolar um:
"Fonte de mel, nos olhos de gueixa, Kabuki, máscara.
Choque entre o azul e o cacho de acácias,
luz das acácias, você é mãe do sol. Linda...."
--------------------------------------------------------
Década de 90:
Ele liga pra ela e deixa gravada uma música na secretária eletrônica:
"Bem que se quis, depois de tudo ainda ser feliz. Mas já
não há caminhos pra voltar.
E o que é que a vida fez da nossa vida? O que é que a gente
não faz por amor?"
---------------------------------------------------------
Em 2001:
Ele captura na internet um batidão legal e manda pra ela, por e-mail:
"Tchutchuca! Vem aqui com o teu Tigrão. Vou te jogar na cama
e te dar muita pressão!
Eu vou passar cerol na mão, vou sim, vou sim! Eu vou te cortar
na mão!
Vou sim, vou sim! Vou aparar pela rabiola! Vou sim, vou sim"!
--------------------------------------------------------
Em 2002:
Ele manda um e-mail oferecendo uma música:
"Só as cachorras! Hu Hu Hu Hu Hu!
As preparadas! Hu Hu Hu Hu!
As poposudas! Hu Hu Hu Hu Hu!"
---------------------------------------------------------
Em 2003:
Ele oferece uma música no baile:
"Pocotó pocotó pocotó...minha éguinha pocotó!
---------------------------------------------------------
Em 2004:
Ele a chama p/ dançar no meio da pista:
"Ah! Que isso? Elas estão descontroladas! Ah! Que isso?
Elas Estão descontroladas!
Ela sobe, ela desce, ela da uma rodada, elas estão
descontroladas!"
--------------------------------------------------------
Em 2005:
Ele resolve mandar um convite para ela, através da rádio:
"Hoje é festa lá no meu apê, pode aparecer,
vai rolar bunda lele!"
---------------------------------------------------------
Em 2006:
Ele a convida para curtir um baile ao som da música mais pedida
e tocada no país:
"Tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha, tô ficando
atoladinha!!!

Calma, calma foguetinha!!! Piriri Piriri Piriri, alguém ligou p/ mim!"
----------------------------------------------------------
Em 2010:
Ele encosta com seu carro com o porta-malas cheio de som e

no máximo volume:
"Chapeuzinho pra onde você vai, diz aí menina que eu vou atrás.
Pra que você quer saber?
Eu sou o lobo mau, au, au
Eu sou o lobo mau, au, au
E o que você vai fazer?
Vou te comer, vou te comer, vou te comer,
Vou te comer, vou te comer, vou te comer,
Vou te comer, vou te comer, vou te comer"

sexta-feira, 15 de abril de 2011

CARTA PARA DEUS




Conversando com uma amiga, ela me contava que quando soube que estava grávida aos 16 anos, o pai dela disse : à partir de hoje , eu providencio a tua comida e da tua filha e o resto, como roupa, calçados, e qualquer outra coisa que vocês venham a precisar , é tudo por tua conta. Ela me disse que batalhou muito , e aprendeu muita coisa e conseguiu passar valores certos para sua filha. E depois de muito tempo quando se sentia só, uma amiga disse pra ela, escreve uma carta pra Deus pedindo exatamente como tu quer essa pessoa..E ela escreveu... depois de 10 anos , por ironia do destino ela casou com o melhor amigo dela, que havia se separado da mulher e foi atrás dela no Paraná. Parece conto de fadas né? Mas Não é, fiquei sabendo dessa tal carta essa semana...
Acho que hoje , estou carente o suficiente , pra me corresponder com Deus, e fazer a tal da carta... Espero que ele receba e leia com carinho, e olhe na minha direção.
Sei que o que vou pedir é artigo raro, mas eu prefiro realmente, um homem que me olhe com desejo, que faça me sentir nua, com apenas um olhar.Que durante o dia, me ligue só para dizer que me ama, e que estava pensando em mim. Quero um homem que me respeite acima de tudo, que veja em mim algo que possa admirar. Companheiro para dividir, amigo para somar, e amante para esquecer que a idade chegou, que a lei da gravidade se manifestou, e me amar acima de tudo. Querer envelhecer do meu lado, mantendo o bom humor. Me conhecer o suficiente, para saber calar e falar na hora certa. Enfim, alguém que mereça meu coração.
Amém.
Agora é contigo Deus, sei que pra ti nada é impossível, então ai vai a missão...
Boa noite e dorme bem....

segunda-feira, 28 de março de 2011

E SE........





E se eu fosse mais forte,
E se eu não guardasse mágoas,
E se o mundo parasse, para podermos chorar e juntar os cacos,
E se o meu coração parasse de doer,
E se eu fosse menos alegre,
E se eu não tivesse meus amigos,
E se eu não gostasse de cantar,
E se eu fosse bem magrinha,
E se eu não tivesse senso de humor,
E se a vida me desse um novo recomeço,

Eu faria tudo novamente, com mais sabedoria.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

MEUS 50



Demorei para escrever sobre esse dia, mas não pensem que foi por estar deprimida , ou qualquer coisa do gênero...Foi puramente por falta de tempo,além de festejar o meu niver, teve o concurso de Videokê que estou participando.... Então a coisa foi pegada...Quarta o concurso , quinta festa de niver, sexta conhecer Major (outro local de VideokÊ)...e assim por diante..Diante desta maratona toda, nem preciso dizer que emplaquei meus 50, com potência máxima, tração nas 4, e com opcionais de fábrica, sem contar engate para reboque...kkkkkkkkkkk...to uma graça né...hahaha...Deve ser a idade...kkkkkkkk
Só tenho a agradecer a Deus,a oportunidade de fazer 50 anos, e quero mostrar pra ele,que ele não vai se arrepender de ter me dado esta chance, porque quero viver cada minuto com muita intensidade.
O pessoal do Kiosque compareceu em peso, me senti querida , amada, por todos.
Nem conto pra voces que, tinha mais 4 pessoas comemorando no mesmo local, cheguei a conclusão que dia 10 de Fevereiro realmente é um dia muito especial, eu acho que Deus se deu conta que as pessoas desse dia, são mais felizes,e por isso mandou gente à rodo pra cá...Eu vim no pacote...Obrigada.

DNA DE URSO POLAR







O Desafio da Gordura

Tenho dois grandes problemas em relação a meu peso:
dificuldade de emagrecer e facilidade de engordar.
Em algum lugar do meu DNA implantaram um gene de urso polar e meu
organismo sempre tem a sensação de que eu vou hibernar durante
seis meses e assim, resolve guardar tudo o que como pra sobreviver
ao inverno. O problema é que a vida do urso polar é só inverno.
Sem contar que eu devo ter um sério distúrbio oftalmológico,
ligado ao acúmulo de gordura, porque basta eu olhar para uma lasanha
que minha bunda aumenta.
Claro, ao longo da vida já engordei, emagreci, engordei, emagreci,
como qualquer sanfona histérica. Nada de tão grave que me impedisse
de virar a roleta no metrô com uma pequena ajuda ou que me fizesse
entalar na roda-gigante. O caso é que nesse engorda-emagrece
engorda-emagrece, eu parei por último no engorda.
O problema é que passar a vida inteira preocupada com o peso é um porre.
E a pior parte é ouvir as mesmas soluções e receitas de dieta que você
não vai fazer, como “comer muita fruta, muita verdura, cortar massas
e suspender o açúcar”. Ah, então tá. Vamos cortar as massas.
Pega a tesoura, por favor, que eu vou picotar o espaguete e já volto.
O açúcar eu vou guardar em cima do armário prá ficar suspenso.
As frutas eu vou comer, todas, como um bom abacatesão e uma jaca gay.
Vamos deixar de ser hipócritas, o mundo ocidental, capitalista,
foi projetado para produzir gente gorda.
Você vai na lanchonete e tudo é gorduroso, calórico e cheio de açúcar.
Pra disfarçar eles vendem uma daquelas saladinhas transgênicas cuja
embalagem é mais saudável que o conteúdo. Em qualquer lugar do planeta, na padaria, no posto de gasolina, na banca de revistas, você pode comer salgadinhos, bala, chocolate, tudo que engorda.
Ninguém nunca viu um pacote de cenoura picada, pepino em rodelinha,
talos de salsão na boca de caixa da padaria.
Porém, não é só a ingestão da comida que é programada para deixar
você obeso e infeliz: todo o marketing da indústria do emagrecimento
foi construído para mentir e levar seu dinheirinho. As modelos que vendem aparelhos de ginástica, fazem lipo, botam silicone e depois vão dizer que foi aquela cadeirinha super-duper-lipo-sculpt, em quatro parcelinhas de xis e noventa e nove, que fez com que ela ficasse com aquele corpinho.
O apresentador toma remédio pra emagrecer, faz uma plástica e depois vende diet-sucos pra enganar você.
Quem nasceu magro, seja magro de ruim ou magro de fome, está na vantagem. Vai economizar muito dinheiro, tempo e sanidade mental. Quem tem tendência a sair rolando, sabe como é o momento de enfrentar a balança do banheiro.
Primeiro você tira a roupa, o sapato, a meia, e sobe na balança
(eu tiro tb a piranha do cabelo e os óculos de grau, mas daí,
na hora de ver o peso sem os óculos, sempre acho q estou vendo errado
Não acredito naqueles quilos todos. Aí você faz xixi, escova os dentes,
corta as unhas, pra se livrar de mais alguns gramas e sobe na balança
de novo. Nada. O ponteiro já está rindo da sua cara e não sai do lugar.
Você resolve botar mais coisas pra fora. Chora, corta o cabelo, tira
a sobrancelha, depila as pernas, arranca uma obturação. Nada.
Dá vontade de pular da janela, mas morrer gordo e pelado é o pior
vexame (HHHHHHHHHAAAAAA!). Melhor ficar vivo com uma roupinha larga. Você volta, se veste e sai do banheiro se sentindo uma pizza de ontem grudada na tampa, um lixo, um nada.
Mas, dizem que enquanto há vida há ex-pelancas e para tudo há uma solução.
É só você fazer reeducação alimentar. Ah, bom! Era isso... falta de educação.
Agora sim, vou dividir minhas horas do dia, fragmentar as refeições, ingerir mais proteínas do que carboidratos, trocar o açúcar por adoçante e tudo vai dar certo. Sim, porque no fim, você vai ao spa, faz uma lipo, bota uma prótese. Se não der certo, você grampeia o estômago, costura a boca e amplia o reto!
Você vai ver que fácil vai ser, você vai ficar magro, direto!!
" O que eu faria com uns 'quilinhos a menos'? " Sairia correndo pra dar
um soco na cara do imbecil que criou esse comercial! Aproveitando o nome do remédio já faço a rima: vá K-gá (hahahahahahahaha) no matagal !!!
Agora, com licença que eu tenho que sair pra caminhar. Sabe, fazer exercícios queima calorias... emagrece... ou pelo menos, desengorda!
E, claro, vou usar todas aquelas instruções cômicas para regime que rolam pela web, com dados científicos como "bolacha quebrada não conta calorias", "tudo o que você come e ninguém vê, não engorda", "depois da meia noite, a comida perde o efeito"! Se não tem jeito, então, não tem jeito. A solução é viver satisfeito!



(Rosana Hermann)

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O AMOR ACABA?





QUANDO O AMOR ACABA
De repente, o que era luz se faz sombra. A época do namoro, as delicadezas e olhares apaixonados dão lugar à amargura, à aridez dos dias. E muita gente afirma: O amor acabou!
Uma sentença que cai pesada sobre os ombros de quem ouve. O fim do amor talvez seja a mais triste notícia para um ser humano. Afinal, o amor move o Mundo e enche a vida de alegria.
Mas será que o amor acaba? Afinal, é um sentimento tão forte que ultrapassa a barreira dos relacionamentos pessoais e deságua nas relações sociais.
Onde há um grupamento humano há a necessidade de amor.
Amor de pais, de filhos, de amigos. Amor entre um homem e uma mulher. Que importa de que tipo é o amor?
Basta que ele exista para que seu perfume imediatamente transforme os ambientes, ilumine os olhos, torne o ar mais leve.
E se é tão essencial o amor, por que o deixamos acabar ? Por que permitimos que ele se amesquinhe e seja sufocado?
É que nem sempre sabemos priorizar o que realmente é importante. Nem sempre sabemos cuidar das pessoas que mais amamos.
Por vezes tratamos mal justamente aqueles a quem mais queremos bem. São nossos pais, irmãos, esposos e filhos...
Eles deveriam ser nossa prioridade, mas parecem estar sempre em último lugar. Para eles deveríamos guardar os gestos de delicadeza, os afagos, as palavras gentis.
Pior ainda é quando permitimos que os abismos e silêncios aconteçam em nossa casa. É como um câncer, que começa devagarzinho, vai se instalando e se torna incontrolável.
E tudo começa porque deixamos de conversar, de trocar experiências, de compartilhar o espaço que chamamos lar. E assim vamos nos afastando dos seres amados.
E ainda há a negligência. Deixamos de falar, de sorrir, de dar atenção aos de casa.
Concentrados em pessoas com as quais temos contato meramente social, aos poucos substituímos o grupo familiar pelos amigos, colegas de trabalho e até por gente que acabamos de conhecer.
Assim vamos deixando a vida seguir. De repente, quando percebemos, o tempo passou, os filhos estão adultos, os irmãos casaram, os pais morreram.
Ou estão idosos demais sequer para ter uma conversa divertida num fim de tarde. O trem da vida seguiu e nós nem o vimos passar.
É quando chega o arrependimento, a saudade, a vontade de ficar junto mais um pouco.
Nem sempre é preciso esperar: alguém que morre repentinamente, um acidente, uma doença inesperada.
E percebemos, então, que desperdiçamos o tempo que estivemos ao lado daquela pessoa especial; daquele filho divertido; daquela mãe dedicada; daquele pai amoroso; daquele companheiro que estava bem ao lado, caminhando junto.
Não. O amor não morre. Nós o deixamos murchar, apagar-se. É nosso desleixo, desatenção e preguiça que sufocam o amor.
Mas basta regar com cuidado, sorrisos e carinho, para que ele reviva. Como planta ressequida, o amor bebe as palavras que lhe dirigimos e se reergue.
O amor não morre nunca. Mesmo que acreditemos que ele está morto e enterrado, que desapareceu, ele apenas aguarda que um gesto de amor o faça reviver.
Experimente! Olhe para as pessoas de sua família, para o seu amor, e lembre-se das belas coisas que viveram.
Não deixe que as más lembranças o contaminem. Focalize toda a sua atenção nos momentos mais felizes. Abrace, afague, sorria junto, diga o quanto os ama.
E se, de repente, seu coração acelerar, seus olhos ficarem úmidos e uma indescritível sensação de felicidade tomar conta de você, não tenha dúvida: são os efeitos contagiantes e deliciosos do amor.